O NOVO CICLO DA HUMANIDADE

Atualizado: 2 de set. de 2020

A Expansão da Rede de Conexão do Plexo Solar

Com uma cor amarelo brilhante surge o sol, do Sistema Solar onde está inserido o planeta Terra, e adentra o plexo solar, o terceiro chacra. Assim, tudo se torna amarelo brilhante como num deserto, onde os grãos de areia refletem a luz do sol. Esse é um brilho agradável, que ilumina todos os chacras, em especial o terceiro e o sexto.

O terceiro chacra começa a jorrar abundantemente o cristal líquido dourado e abre a grande rede de conexão com toda humanidade, que poderá começar a sentir a formação dos cordões que fazem essas conexões. A abertura do sexto chacra permite a percepção dessa nova realidade.

Quando um chacra se abre todos os outros se modificam, porque se comunicam e estão conectados. O mesmo acontece quando um chacra é ativado, pois se um está fechado, os outros não podem funcionar adequadamente, porque juntos formam uma rede. O mesmo acontece no corpo físico humano, qualquer órgão, como o coração, não pode funcionar isoladamente. A cada dia se torna mais evidente a realidade da Unidade, que pode ser sentida, percebida e vivenciada de diferentes formas.

Voltando à imagem do deserto, é possível imaginar o brilho do sol entrando no plexo solar, e provocando uma explosão numa fonte de cristal líquido dourado, da mesma cor do sol e da areia do deserto. Esse terceiro chacra começa a emitir raios dourados e a pulsar, como tudo pulsa, no mesmo ritmo da pulsação dos centros da Terra e do Universo. Na realidade, esses raios são os cordões de cristal líquido dourado.

Com essa expansão do plexo solar, torna-se possível todos os seres humanos se visualizarem ou se imaginarem vestidos com um manto dourado, uma coroa dourada e um cetro dourado. Assim, todos se reconhecem como reis e rainhas porque, ter a consciência de ser rei ou rainha na superfície terrestre, é também reconhecer no outro essa mesma qualidade de reinar, de estar consciente de onde se está, de onde se vive, do Reino onde se vive.

Ao considerar o reino da humanidade, cada ser humano é um rei, mas ele precisa ter esse domínio, esse domínio de consciência, de saber reinar onde é o seu terreno, seu reino e seu domínio. Essa é uma forma de viver a expansão, a qualidade da Unidade na superfície terrestre. O terceiro chacra corresponde à matéria mais concreta, a energia mais densa, e é possível viver a qualidade da Unidade, ao se abrir e expandir esse chacra.

Essa vivência é possível quando se vai além da mente racional, por ser uma experiência, algo sentido e vivenciado. No hábito da leitura, é a mente racional que participa; o ser humano com uma visão dual acredita que essa mente o torna superior, mas ela é desconectada da visão de unidade, da percepção dos chacras abertos e ativos.

Ao conhecer essa percepção da expansão da rede do plexo solar, é possível se sentir realmente conectado à toda humanidade e se reconhecer como rei ou rainha, assim como a todos irmãos humanos. E ao se ver diante deles surge a pergunta: que rei é você? Qual é o seu reinado? E todos respondem, porque conhecem o próprio reinado, seu próprio domínio ou dom, que é o sol, a própria Luz Primordial que reina absoluta no interior de todos os humanos.

A terceira dimensão da dualidade é onde a Luz Primordial encontra-se mais escondida, mas se manifesta através dessa nova visão, dessa experiência aqui descrita, pela expansão do plexo solar. É possível compreender que, na realidade, o que é conhecido como dualidade não passa de mera ilusão. O sol interior predomina como Centro de Criação e manifesta o dom inato, as qualidades que todos possuem, mas que se encontram em estado de latência. Esse dom precisa ser reconhecido e manifestado na vida terrestre, porque essa é a essência de todos. Nesse momento todos recebem essas informações com clareza, para facilitar o desenvolvimento pleno no processo de crescimento pessoal.

A cada novo passo nesse processo é possível reconhecer mais claramente o brilho interior e se alegrar com toda a vida. Ao se assumir como rei ou rainha, tem-se o pleno domínio dos próprios reinos e dons. Os seres da segunda dimensão, duendes e fadas marrons, assim como os da quinta dimensão, duendes e fadas multicoloridos do Mundo de Cristal Colorido da Terra se aproximam, se aliam e se conectam e trazem a vivência da Unidade.

Essa é a natureza da Vida, tudo se une, se mistura e se torna apenas UM. A separação entre os seres deixa de existir. Assim como na visão do deserto, o sol é levado para todos os lugares do planeta Terra, tudo se torna brilhante e vívido. Essa luz passa a se manifestar em tudo o que existe, e ela é a fonte de cristal líquido dourado que jorra abundantemente e forma cordões e laços de união.

O processo do ser humano é transcender a dualidade, se desfazer da ilusão e encontrar a verdade interior. O plexo solar expandido traz a consciência dessa verdade. A cada dia mais esclarecimentos são ofertados para o crescimento pessoal, para se conhecer o objetivo de viver num corpo humano e na superfície terrestre, conhecer a essência e a luz interior e estar conectado à toda humanidade pela grande rede de conexão formada pela expansão do plexo solar.

Assim todos os seres humanos se reconhecem como irmãos, como Luz Primordial que todos são.

Assim é!


Mensagem canalizada por Gilda Maria Vasconcelos em 25-08-2020.


137 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo